Invista no Ceará

O Ceará tem registrado crescimento acima da média brasileira. O Estado alcançou um avanço de 1,87% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2017, quase o dobro da variação do Brasil, cujo índice foi de 1% no mesmo ano. Outro destaque foi o volume de investimentos realizados pelo Ceará no igual período, representando 13,9% da receita corrente líquida.

Em um cenário de dificuldades no setor público brasileiro, o Estado do Ceará virou referência para todo o país em relação ao equilíbrio nas contas e transparência. É o que apontou o Ranking de Competitividade dos Estados de 2017, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), com o apoio da Tendências Consultoria Integrada e da Economist Intelligence Unit (EIU). Conforme a publicação, o Ceará ocupa o primeiro lugar em “solidez fiscal”, tendo em vista seis indicadores financeiros. O indicador “capacidade de investimento” também é liderado pelo Ceará na avaliação.

Ainda em 2017, o Ceará figurou positivamente em estudo realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Mais uma vez foi ocupada a primeira posição entre os estados com melhor situação fiscal, além do protagonismo no maior volume de investimentos em relação à arrecadação, com índice de 11,1%, o dobro da média nacional.

Mais motivos para investir no Ceará
Infraestrutura eficiente

Situado a 40 quilômetros de Fortaleza, o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) possui um dos principais portos de exportação do país com terminal offshore e calado natural de 18 metros. Está apto a receber, inclusive, navios do tipo Post-Panamax. O complexo do Pecém abriga, ainda, a única Zona de Processamento de Exportação (ZPE), primeira a operar no Brasil e com tributação diferenciada.

O Ceará conta também com o Porto do Mucuripe, localizado em Fortaleza, um dos principais portos de cabotagem do Brasil, detentor de um novo terminal de passageiros capaz de receber grandes navios de cruzeiro.

Os portos do Ceará são a última parada dos navios do Brasil para o exterior. o potencial logístico aéreo é outro destaque.

O Aeroporto Internacional Pinto Martins embarca, atualmente, 6,3 milhões de passageiros por ano com uma operação de 53.133 voos/ano. Com a chegada da gigante operadora Fraport para administrar o equipamento, estima-se que até 2047 o número de passageiros possa chegar a 29,2 milhões por ano.

O Ceará detém três projetos considerados estratégicos para o Estado, mais conhecidos como “trinca de hubs”: o das empresas aéreas Air France-KLM-GOL; a parceria com entre os Portos do Pecém e Roterdã, que vai transformar o Estado em um hub portuário; e o hub dados viabilizado pelo lançamento do cabos SACs e Monet, da multinacional Angola Cables, ligando o Ceará à Africa e aos Estados Unidos por meio de cabo de dados.

Localização estratégica

Localizado na esquina do Oceano Atlântico, o Ceará é a porta de entrada no Brasil para Europa, África e Estados Unidos. A rapidez nas exportações marítimas são uma das vantagens, tendo em vista o tempo de apenas sete dias de distância da África, oito dias para Europa e seis dias da costa leste dos Estados Unidos. O menor tempo de trânsito também é realizado via modal aéreo, com 6h30min de distância dos três destinos.

Educação e qualificação

Funcionam no Ceará as 24 melhores escolas públicas do ensino fundamental, além de 77 entre as cem públicas mais bem ranqueadas do brasil, segundo levantamento do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Atualmente, o Estado possui 117 Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEP), contabilizando 50 mil alunos matriculados em um total de 91 municípios.

Guia do Investidor
Gostaríamos de conhecer seu projeto para o Ceará
Entrar em contato